17 de jan de 2010

Quem não sabia? Marina é traira!


Verde que te quero verde

Por Gilvan Freitas - Do Blog o Terror do Nordeste - 13.01.10

A traíra Marina é, definitivamente, uma pessoa totalmente sem ética.Depois de ter saído do PT sem entregar o cargo obtito pelo partido, agora, une-se a José Serra para derrotar Dilma(fato impossível de ocorrer).De todo modo, não tem preço ver Gabeira, Marina, José Serra, César Maia, Solange Amaral e Rodrigo Maia no mesmo palanque.

Gabeira aceita se candidatar por aliança PV-PSDB no RJ


Folha de S. Paulo - 13/01/2010

Apontado como o candidato ideal do governador José Serra (PSDB) ao governo do Rio de Janeiro, o deputado federal Fernando Gabeira (PV) admitiu ontem a possibilidade de entrar na disputa estadual.

Em reunião com tucanos do Estado, Gabeira condicionou sua candidatura à consolidação de uma aliança entre PSDB e PV do Rio. "Se todos se sentirem confortáveis, eu topo", disse o deputado à Folha.

A operação conta com o aval da pré-candidata do PV, Marina Silva (AC). Grife da sigla, Gabeira ameaçava desistir até do Senado se o partido insistisse no lançamento de uma chapa "puro-sangue" no Estado.

A candidatura de Gabeira é crucial para Serra por oferecer um palanque forte ao PSDB no Rio de Janeiro, terceiro maior colégio eleitoral do país.

Em conversas com o PV, o PSDB concordou que Gabeira defenda o nome de Marina na TV. Sozinho, o PV tem direito a 1 minuto e 20 por dia no horário eleitoral. A coligação garantirá 8 minutos diários, incluindo a candidatura do ex-prefeito Cesar Maia para o Senado.

Presidente estadual do PV do Rio, o vereador Alfredo Sirkis afirma que a aliança - que reunirá também DEM e PPS - abre caminho para "uma campanha competitiva no Rio".

Segundo Gabeira, a decisão deverá ser oficializada depois do Carnaval. O arremate dependerá da costura de detalhes com o comando do PV. O partido chegou a defender candidaturas isoladas nos principais Estados. Mas, diante do risco de Gabeira de desistir até da corrida ao Senado, Marina acenou com a possibilidade de exceções na semana passada.
"No Acre, por exemplo, não teremos nem candidato próprio", admitiu Marina.

Gabeira se reuniu com o comando do PSDB do Rio no sábado, um dia depois de conversar com o presidente nacional do partido, Sérgio Guerra (PE), e com o ex-deputado Márcio Fortes. Na conversa, eles alegaram que Gabeira tem chances de ir ao segundo turno.

Mas, segundo tucanos, mesmo derrotado, Gabeira pode ser recompensado caso o PSDB chegue à Presidência. Cogita-se que ele poderia ocupar, por exemplo, a Embaixada do Brasil na França.
Outro pré-candidato, o ex-governador Anthony Garotinho (PR) já disse a interlocutores que torcia pela candidatura de Gabeira por forçar um segundo turno no Estado.

Leia outras notícias em O Terror do Nordeste

Nenhum comentário:

Postar um comentário