3 de dez de 2011

O que nos prende, temos a liberdade do conhecimento pela internet?


Por Sérgio Amadeu *  - Fundação Perseu Abramo (Livro - Software Livre: a luta pela liberdade do conhecimento)

O MOVIMENTO DO SOFTWARE LIVRE – programas de computador que possuem o código-fonte aberto – é um movimento pelo compartilhamento do conhecimento tecnológico. Começou nos anos 1980 e se espalhou pelo planeta levado pelas teias da rede mundial de computadores. Seus maiores   defensores são os apaixonados por programação e sistemas de informática, os acadêmicos, os cientistas, os mais diferentes combatentes pela causa da liberdade e, mais recentemente, as forças político-culturais que apóiam a distribuição mais eqüitativa dos benefícios da era da informação. Seus maiores opositores são as megaempresas que vivem exclusivamente de um modelo econômico baseado na exploração de licenças de uso de software e do controle monopolístico dos códigos essenciais dos programas de computadores.

A disputa pelo conhecimento das técnicas e tecnologias de armazenamento, processamento e transmissão das informações ocupa hoje o centro estratégico das economias nacionais. Saber fazer programas de computador será cada vez mais vital para um país.

Enquanto o software proprietário se orienta em benefício do fabricante, o software livre se orienta principalmente para o benefício de seus usuários. Todavia, a grande conseqüência sociocultural e econômica do software livre
é sua aposta no compartilhamento da inteligência e do conhecimento. Ele assegura ao nosso país a possibilidade de dominar as tecnologias que utilizamos. O movimento pelo software livre é uma evidência de que
a sociedade da informação pode ser a sociedade do compartilhamento.

Trata-se de uma opção.

SOFTWARE LIVRE:
Socialmente Justo; Economicamente Viável; Tecnologicamente Sustentável.

Continue lendo aqui

-------------------------------------------

*Sérgio Amadeu da Silveira - Sérgio Amadeu da Silveira é um sociólogo brasileiro, geralmente lembrado como defensor e divulgador do Software Livre e da Inclusão Digital no Brasil. Foi um dos grandes implementadores dos Telecentros na América Latina e presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação. Sérgio Amadeu é doutor em Ciência Política pela Universidade de São Paulo e, atualmente, é professor adjunto da Universidade Federal do ABC (UFABC)

Nenhum comentário:

Postar um comentário