18 de mar de 2012

Corpo do geógrafo Aziz Ab'Saber é enterrado em cemitério de São Paulo

Foto: A/E
Marli Moreira - Repórter da Agência Brasil - 18.03.12

São Paulo - O corpo do geógrafo Aziz Ab'Saber (*) foi enterrado no início da tarde de hoje (17) no Cemitério da Paz, no Morumbi, na zona sul da cidade de São Paulo, depois de ter sido velado no Salão Nobre da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP). O acadêmico morreu ontem (16), em casa, aos 87 anos em consequência de um infarto.


Na hora da despedida, ele foi homenageado por amigos e parentes com uma salva de palmas, em um gesto de demonstração de carinho e de agradecimento a quem se transformou em uma referência em estudos sobre a natureza e os impactos ambientais. Aziz era integrante da Academia Brasileira de Ciências, presidente de honra da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e professor emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas e do Instituto de Estudos Avançados (IEA).

No final do enterro, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) discursou em homenagem ao geógrafo. Segundo ele, a prefeitura de São Luiz do Paraitinga, no Vale do Paraíba, cidade onde Aziz nasceu, construirá um museu para mostrar às novas gerações os trabalhos deixados pelo especialista. Na véspera de sua morte, Aziz entregou à diretoria da SBPC um conjunto de DVDs com todo o trabalho desenvolvido por ele no período de 1946 a 2010.

Entre os parentes e amigos, estavam professores da USP e ex-alunos. Como traço marcante no estudioso, muitos apontaram a inquietude diante da busca de soluções para o bem coletivo, sobretudo quando o assunto dizia respeito aos riscos ambientais. “Pena que nem sempre ele foi ouvido”, lamentou o acadêmico Paulo Garreta Harkot, que recordou um dos pensamentos de Aziz: “As paisagens que existem no mundo são consequências de processo de bilhões de anos que tomamos emprestado e devemos devolver às futuras gerações”. 

Edição: Juliana Andrade

----------------------------




 

(*) Aziz Nacib Ab'Saber, nasceu em São Luís do Paraitinga, 24 de outubro de 1924 - faleceu em Cotia, em , 16 de março,de 2012). Foi um geógrafo e professor universitário brasileiro.

Considerado como referência em assuntos relacionados ao meio ambiente e a impactos ambientais decorrentes das atividades humanas foi um cientista polivalente, laureado com as mais altas honrarias científicas, em arqueologia, geologia e ecologia - Membro Honorário da Sociedade de Arqueologia Brasileira, Grã-Cruz em Ciências da Terra pela Ordem Nacional do Mérito Científico, Prêmio Internacional de Ecologia de 1998 e Prêmio Unesco para Ciência e Meio Ambiente. Era Professor Emérito da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, professor honorário do Instituto de Estudos Avançados da mesma universidade e ex-presidente e atual Presidente de Honra da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Embora aposentado compulsoriamente no final do século XX, manteve-se em atividade até o fim da vida. Foi professor na UNESP - Rio Clario -  nos anos 80 e 90, nos cursos de ecologia e biologia.

Na véspera da sua morte, entregou à SBPC os arquivos de sua obra completa, em DVD, com a seguinte dedicatória: "Tenho o grande prazer de enviar para os amigos e colegas da Universidade o presente DVD que contém um conjunto de trabalhos geográficos e de planejamento elaborados entre 1946-2010. Tratando-se de estudos predominantemente geográficos, eu gostaria que tal DVD seja levado ao conhecimento dos especialistas em geografia física e humana da universidade".

Nenhum comentário:

Postar um comentário