2 de mar de 2013

Queda do meteorito na Rússia não foi captada pelas imagens dos satélites. Veja os vídeos

 
Objeto que atingiu a região de Chelyabinsk ficou escondido pelo Sol, tornando-se invisível para os nossos equipamentos de observação espacial.

Você deve estar cansado de ouvir falar sobre o famoso meteoro que caiu na Rússia há duas semanas, não é mesmo? De lá para cá, já ficamos sabendo que se trata de condrito ordinário — a mais comum forma de rocha espacial que existe —, que o grama dos fragmentos poderá ser vendido por valores 40 vezes mais altos do que o ouro, e que a sua entrada na atmosfera provocou uma explosão sônica equivalente a 30 bombas atômicas como a de Hiroshima.

Mas, você já parou para pensar que, apesar de tantos satélites, radares, observatórios e telescópios espaciais apontados para o espaço, ninguém viu o tal objeto se aproximando? E o que é pior: todo o planeta estava atento, já que no dia seguinte ao impacto na Rússia, o asteroide 2012 DA14 estaria passando de raspão aqui pela Terra!

Então, como é que ninguém detectou a aproximação do meteoro que atingiu a Rússia? De acordo com a NASA, o que aconteceu foi que o meteoro veio da mesma direção que o Sol, ficando escondido da “vista” de todos os equipamentos. E para esclarecer melhor esse mistério, a agência espacial inclusive resolveu produzir o vídeo acima, que explicar direitinho por que é que a chegada da rocha espacial passou despercebida.

O vídeo está inglês, mas as legendas em português — que você pode ativar no próprio menu — são bem compreensíveis.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário