18 de mai de 2009

Mercadante critica tentativa de criminalizar a Petrobras

Do blog - Desabafo Brasil - 18.05

A tentativa da oposição de criminalizar a Petrobras foi criticada nesta segunda-feira (18) pelo líder do PT e do Bloco de Apoio ao Governo, senador Aloizio Mercadante (PT-SP), por entender que é um erro econômico, fiscal e político a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a empresa. “Porque criminalizar a Petrobrás? É um erro político”, questionou o parlamentar em discurso na tribuna do Senado. “A Petrobras tem que ser valorizada; defendo uma CPI que seja responsável e equilibrada e não aquilo que vimos na semana passada”, afirmou. Mercadante considerou que não fora equilibrado, nem responsável o descumprimento do acordo de líderes do Senado, quinta-feira passada, para ouvir o presidente da Petrobrás, Sérgio Gabrielli, em audiência pública e só então avaliar a necessidade de abrir um inquérito parlamentar. “O Brasil não pode colocar sua maior empresa no banco dos réus, que emprega quase um milhão de pessoas, que tem 700 mil acionistas que acreditam no potencial da Petrobras.

Leia mais

Nenhum comentário:

Postar um comentário