25 de ago de 2009

EMEFS PODEM OCUPAR IMÓVEL ALUGADO EM SP

Fábio Mazzitelli JT 25-08-09

A Secretaria Municipal de Educação pretende utilizar a locação de imóveis não só para aumentar a oferta de vagas em creches na capital, como havia anunciado. O plano de alugar imóveis na periferia inclui também a locação de imóveis para abrigar crianças do ensino fundamental, cuja faixa etária varia de 6 a 14 anos.

A informação foi fornecida ontem pelo presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), José Augusto Viana Neto, presidente do Creci paulista.

A entidade que reúne os corretores de imóveis do Estado formalizou na semana passada um protocolo de intenções com a Prefeitura para recrutamento de profissionais do Creci para avaliação de mercado dos imóveis pretendidos pela Prefeitura paulistana.

“O objetivo é que os corretores possam fornecer valores de mercado de locação de imóveis, caso a Prefeitura tenha necessidade”, diz o presidente do Creci-SP. “O projeto da Prefeitura, objeto dessas avaliações, se destina a creches e escolas de ensino fundamental”, afirma Viana Neto.

Além da forte demanda por educação infantil na capital - em junho, havia 84 mil crianças à espera de creche e outras 33 mil sem vagas para pré-escola - o ensino fundamental passou a necessitar de novas acomodações com a eliminação gradual do turno intermediário nas escolas municipais.

No início de 2009, 69 colégios de ensino fundamental da Prefeitura abrigavam alunos no turno das 11h às 15h, que limita o tempo do estudante na escola a apenas quatro horas diárias. Esse período deve ser eliminado em 2010, mas as unidades que restaram se localizam nos extremos leste, sul e norte da capital, áreas de forte demanda e sem áreas para construção.

O trabalho dos corretores será gratuito. Parte do mesmo projeto, a Prefeitura já havia assinado termo semelhante com o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea-SP), só que para avaliar as condições estruturais do imóvel pretendido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário