4 de mai de 2010

NovaE: Dalai Lama foi “o mais”; Lula, “um dos mais”


















Por Azenha - Vi o mundo - 01.05.2010

Por Manoel Fernandes Neto/Editor da NovaE

A máscara caiu, mais um vez. As redações da mídia corporativa se movimentaram para diminuir o prêmio de lider mais Influente do mundo, concedido pela revista Time ao presidente Lula. Foram tantas as ligações para esta publicação estadunidense, até obterem a declaração de que o Presidente, não era o “mais”, mas “um dos”.

É triste a que ponto pode chegar o preconceito e os objetivos eleitoreiros de um grupo partidário, aliado a famílias donas de jornais e TVs, que pensam dominar a consciência brasileira. Pensam, porque não tardou dezenas de blogs, listas, redes e sites desmascararem a situação.

A NovaE para colaborar, foi atrás da mesma noticia, em 2008, seguindo uma dica. Naquela oportunidade, Dalai Lama foi reconhecido, sem telefonemas para a Time, como o mais influente do mundo, com a benção da mídia corporativa brasileira e dos grupos partidários da canditatura Serra, aliás, que após falsamente registrar o prêmio do Lula, com um “é bom pra o Brasil”, se revelou em um desmentido no Twitter, a provar como pode ser rasa uma personalidade pública:

Enfim, a manipulação vai continuar ocorrendo. Veja abaixo as notícias do G1, de 2008 e deste:

Dalai Lama, em 2008: o mais influente.

Lula, em 2010, “um dos mais influentes”

***

PS do Viomundo: o leitor Reinaldo foi buscar o ranking de 2008, que citou o Dalai Lama em primeiro, reproduzido abaixo.

O ranking de 2009 também enumerou os mais influentes.

A Time apenas repetiu o padrão, em 2010.

Mas alguém não gostou.

E apelou à revista (quem? como?), que manteve a lista mas retirou a numeração.

Quanta mesquinharia!


Nenhum comentário:

Postar um comentário