22 de set de 2010

Promotor pede que Serra seja ouvido pela Polícia Federal

O Ministério Público de São Paulo pediu hoje à Justiça Eleitoral a instauração de inquérito pela Polícia Federal para que o candidato José Serra seja ouvido sobre as acusações feitas contra a campanha de Dilma Rousseff de envolvimento com a quebra do sigilo fiscal de pessoas ligadas ao PSDB. O objetivo do pedido é que Serra apresente provas de suas acusações.

A ação movida pelo PT pelos crimes de calúnia e injúria foi motivada por declarações do candidato do PSDB, que tenta atribuir responsabilidade à campanha de Dilma Rousseff pela violação de sigilos fiscais.

Segundo as declarações reproduzidas pelos veículos de comunicação, Serra afirmou sem qualquer provas que Dilma e o PT “atentaram contra a democracia” e praticaram “jogo sujo”, “espionagem” e “chantagem”.

Na ação, a campanha de Dilma Rousseff argumenta que a ação contra Serra tem como objetivo “assegurar a lisura na campanha eleitoral e prevenir comportamentos semelhantes, que maculem a transparência do pleito eleitoral e submetam o eleitor a informações inverídicas, distorcidas, turbando sua liberdade de escolha e o exercício da democracia”.


do Blog Maria da Penha Neles

Nenhum comentário:

Postar um comentário