18 de nov de 2010

Estudantes protestam contra aplicação do Saresp nas escolas técnicas de SP

Cerca de 150 alunos das escolas técnicas do Estado de São Paulo fazem um protesto na manhã desta quarta-feira, em São Paulo. Os estudantes protestam contra a aplicação do Saresp --prova que avalia o desempenho escolar no Estado-- às escolas técnicas. Para eles, o exame seria uma foram de aumentar a nota geral das escolas no Estado.

Moacyr Lopes Junior/Folhapress
Estudantes em frente a escola técnica durante protesto contra falta de recursos no ensino e contra o Saresp
Estudantes em frente a escola técnica durante protesto contra falta de recursos no ensino e contra o Saresp

A manifestação acontece em frente à Etesp (Escola Técnica Estadual de São Paulo), principal escola técnica de São Paulo, que fica no bairro da Luz. Além do protesto, os alunos das escolas técnicas boicotam o exame, que começou nesta quarta-feira e vai até amanhã.
De acordo com os alunos, as Etecs não são vinculadas à Secretaria de Educação, mas ao Centro Paula Souza, que é subordinado à Secretaria de Desenvolvimento. Portanto, segundo os estudantes, os resultados das provas nas Etecs não são comparáveis com as provas das escolas comuns.
Para os alunos, a aplicação da prova tem como objetivo aumentar os indicadores gerais das escolas no Estado, sem melhorar o desempenho dos alunos de fato.
A diretoria do Centro Paula Souza, responsável pelas Etecs, foi procurada, mas ainda não respondeu às perguntas da reportagem.

LAURA CAPRIGLIONE - FSP
DE SÃO PAULO

Nenhum comentário:

Postar um comentário