11 de nov de 2011

Estudantes da USP realizaram ato nesta quinta contra PM no campus

Leia esta mensagem (entre outras) em uma das fotos - " somos acusados de quebrar e depredar as portas que a PM arrombou, na reitoria ocupada". Perceba, houve armacao para cima dos estudantes, inventaram provas etc. Tudo isso sera denunciado pelas redes sociais. Temos que combater a calunia e difamacao nas lutas sociais.




Por Lucia Rodrigues - Caros amigos - 10.11.2011

Eles decidiram entrar em greve em assembleia que reuniu três mil alunos; a saída do reitor Rodas do cargo é uma das exigências 


onibus-comida
Fotos: Andre Ruiz  - Clique nas imagens para ampliar
Os estudantes da USP, a Universidade de São Paulo, realizam protesto, nesta quinta-feira, 10, às 14h, no Largo São Francisco, contra a presença da PM no campus. A decisão foi tomada em assembleia que reuniu três mil alunos na noite desta terça, 08. A concentração começa às 12h no saguão dos prédios da História/Geografia, na Cidade Universitária. De lá, os estudantes seguem em caravana de ônibus até a Faculdade de Direito, no centro da cidade.


Na assembleia, os alunos também decretaram greve até que suas reivindicações sejam atendidas. Eles protestam contra o convênio assinado pela reitoria da USP e o comando do policiamento que permite que a polícia entre na Universidade. Os estudantes também querem que a reitoria retire todos os processos movidos contra funcionários e alunos que participam de movimentos político-reivindicatórios.


A saída do reitor João Grandino Rodas, do cargo é uma das exigências dos alunos. Ele é responsabilizado pela invasão da PM na USP. A ação da polícia foi toda realizada por PMs sem identificação. A reportagem da Caros Amigos constatou que pelo menos um policial da Tropa de Choque que estava na linha de frente na contenção dos estudantes portava uma submetralhadora. O armamento tem capacidade para disparar 950 tiros por minuto.


Os estudantes também querem que o campus da Universidade seja melhor iluminado. A abertura de concurso público para a ampliação do efetivo da guarda universitária, além da ampliação do número de ônibus circulares no campus com a extensão das duas linhas até o metrô Butantã são outras das reivindicações apresentadas na pauta dos alunos em greve

Veja Fotos da USP do dia 08/11:
Camisa-Rosa

livro-na-mo

mulheres

militar

Nenhum comentário:

Postar um comentário