20 de mai de 2012

Pelé reconhece atraso, mas confia na organização do Brasil para Copa 2014

Ricardo Saibun/30.11.2011/Gazeta Press

Rei do Futebol está mais preocupado com a montagem da seleção brasileira para o Mundial

Embaixador da Copa 2014, Pelé parece está mais preocupado com a montagem da seleção brasileira para a disputa em casa do que com as obras de infraestrutura para receber o Mundial. Em entrevista publicada neste domingo (20), no jornal “O Estado de S. Paulo”, o Rei do Futebol reconhece os problemas na organização, mas cobra mesmo o técnico Mano Menezes.
— Há coisas que não dá para a gente entender. Somos todos brasileiros... Agora, infelizmente, aconteceu esse negócio lá no Rio, no Maracanã, esse problema por causa da Delta, do Cachoeira. No próprio Brasil, um evento aqui dentro e essas brigas... Não tem porquê, não dá para entender.

Em dificuldades para obter financiamento bancário para suas operações, a Delta suspendeu os aportes para a reforma do Maracanã. Outras empresas que compõem o consórcio, no entanto, deram continuidade aos trabalhos.

Quanto ao time que irá disputar o título em casa, diante da torcida, Pelé quer logo ver uma base verde-amarela. Segundo ele, o mesmo problema de falta de um elenco acontece já na seleção olímpica. Na sexta-feira (19), Mano convocou a seleção brasileira e, para tristeza do Rei, deixou Arouca, volante do Santos, de fora.

 — A lista teve algumas surpresas, também pelo fato de ele (Mano Menezes) poder usar jogadores acima do limite de idade de 23 anos. Pelo que vimos nesses últimos anos, eu acho que o Arouca deveria ter sido convocado, pelo que vem jogando. O Brasil não enfrenta dificuldades porque são muitos jogadores bons. Só acho que tem de haver uma decisão, dizer “a equipe é essa” e treinar, senão fica na dificuldade que a profissional está tendo, não tem base.

O Brasil enfrenta a Dinamarca (dia 26 de maio, em Hamburgo), Estados Unidos (dia 30 de maio, em Washington), México (dia 3 de junho, em Dallas) e Argentina (dia 9 de junho, em New Jersey).

Do R7

Nenhum comentário:

Postar um comentário