17 de jun de 2009

Antonio Candido e Chauí (sobre a violência na USP) de um lado. Serra do outro. E FHC?

Chauí e Candido: Universidade não se defende com PM
Por Paulo Henrique Amorin - 17.06

Saiu no Estadão, pág. A19:

“(Antônio) Cândido e (Marilena) Chauí dão aula em apoio à greve na USP – Para critico literário, presença da PM no campus viola ‘direito sagrado de opinar’; filósofa aponta ‘repetição interminável’ do autoritarismo … ‘Atuem, exagerem, sejam justos e injustos. Aproximem a faculdade da realidade social. Essa é uma luta constante, para transformar a realidade’ (disse Antonio Candido). ‘Não fazemos outra coisa que defender a universidade e a democracia’ (disse Chauí).”

Fica, assim:Do “lado de lá” – leia entrevista de Fernando Lyra ao Conversa Afiada – ficam José Serra, Gianotti e o PiG (*).Do “lado de cá”, Antônio Cândido e Marilena Chauí.Onde estará Fernando Henrique Cardoso, ilustre aluno e professor da USP ?Por que esse silêncio revelador ?

Paulo Henrique Amorim

Em tempo: veja o que diz o nosso amigo navegante André. Serra e os reitores põem a culpa na “crise”. Mas, que “crise” ? Para Serra, FHC e o PiG (*), o Brasil e o mundo estão em “crise” desde que o Lula tomou posse em 2002.

André

PH,
os reitores
usaram “a crise” como argumento para não aumentarem os salários de professores e funcionários…
ao invés de publicarem os dados da execução orçamentária, dão uma de regina duarte…
André

Nenhum comentário:

Postar um comentário